Você sabe quais são os requisitos para a utilização dos extintores de incêndio?

O extintor de incêndio é um dos mais comuns e importantes equipamentos de segurança utilizados para o combate de um princípio de incêndio. Eles possuem classificações, de forma que a escolha do extintor a ser instalado no seu estabelecimento comercial e/ou residencial vai depender da classe de risco, área e natureza do fogo a ser extinto. 

Vamos explicar detalhadamente os principais critérios que devem ser adotados para realizar a escolha, instalação, utilização e manutenção do seu extintor. Conheça mais sobre eles logo abaixo:

Classificação dos extintores

Primeiramente, vamos entender as classificações dos extintores oferecidos no mercado e quais são as suas capacidades de extinção dependendo do tipo de material a ser protegido.

IMAGEM CLASSE A

Classe A (Materiais combustíveis e sólidos)

Madeira, tecidos, papéis, borrachas, plásticos termoestáveis e outras fibras orgânicas, que queimam em superfície e profundidade, deixando resíduos;

 

IMAGEM CLASSE B

Classe B (Líquidos, combustíveis e/ou gases inflamáveis)

Materiais como plásticos e graxas que se liquefazem por ação do calor e queimam somente em superfície;

 

IMAGEM CLASSE C

Classe C (Líquidos, combustíveis e/ou gases inflamáveis)

Fogo envolvendo equipamentos e instalações elétricas energizados;

 

IMAGEM CLASSE D

Classe D (Metais combustíveis)

Magnésio, titânio, zircônio, sódio, potássio e lítio.

 

IMAGEM CLASSE k

Classe K (óleos)

Os incêndios da classe K são incêndios em óleos e graxas de cozinha, como gorduras animais e vegetais.

 

O que são agentes extintores e quais são esses agentes?

Os agentes extintores são substâncias utilizadas nos extintores para a extinção do fogo. Há no mercado diversos materiais, iremos relacionar os mais utilizados:

Água

O agente extintor de água possui classificação CLASSE A é adequado para combater incêndios que envolvem combustíveis sólidos, como madeira, papel e têxteis.  Não deve ser utilizado em equipamentos elétricos por ser um condutor de energia.

Dióxido de carbono (CO2)

Os extintores de dióxido de carbono extinguem o fogo retirando o elemento oxigênio do triângulo do fogo e também removendo o calor com uma descarga muito fria.

O dióxido de carbono pode ser usado em incêndios de CLASSE B e C. Eles geralmente são ineficazes em incêndios de CLASSE A.

Pó Químico Seco (ABC)

Os extintores de pó ABC são extremamente versáteis e podem ser usados ​​em incêndios de classe A, classe B, classe C e elétricos.

Eles estão disponíveis em uma variedade de tamanhos de 1 a 9 kg e são ideais para aplicação em ambientes que apresentam riscos mistos de incêndio. No entanto, existe o risco de inalação ao usar extintores de pó em ambientes fechados. Os extintores de pó não são, portanto, recomendados para uso em pequenas salas, residências e escritórios.

Agente Saponificante

Unidade extintora classe K, para combate a incêndios em cozinhas industriais. Agente extintor saponificante, desenvolvido para extinguir o fogo de gordura animal e vegetal quente, usado em equipamentos energizados de restaurantes, lojas de conveniência, hospitais, etc.

Abaixo deixaremos a tabela onde servirá de auxílio para a escolha do correto agente extintor.

Seleção do agente extintor segundo a classificação do fogo NBR 12693/10.

 

Classe do fogo

Água

Espuma

Espuma

Gás Carbônico

H2O

Química

Mecânica

(CO2)

B/C

A/B/C

A

(A)

(A)

(A)

(NR)

(A)

(A)

B

(P)

(A)

(A)

(A)

(A)

(A)

C

(P)

(P)

(P)

(A)

(A)

(A)

D

Deve ser verificada a compatibilidade entre o metal combustível e o agente extintor

(A) Adequado à classe do fogo.

(P) Proibido a classe do fogo.

(NR) Não recomendável à classe de fogo.

Tabela 3 conforme a NBR 12.693/10.

As normas que regem os principais critérios de posicionamento do extintor na edificação e distância entre eles de acordo com o risco são a IT - 21/2019 (Sistema de proteção por extintores de incêndio) e a NBR  12693/2010 (Sistemas de proteção por extintor de incêndio).  De acordo com a instrução técnica IT-21 deve ser respeitado os seguintes critérios de distância de instalação dos extintores:

 

RISCO

DISTÂNCIA MÁXIMA DE CAMINAMENTO (m)

RISCO BAIXO

25

RISCO MÉDIO

20

RISCO ALTO

15

 

Extintores instalados em paredes ou divisórias devem ter altura máxima de fixação do suporte de 1,6 m do piso. A parte inferior do extintor deve permanecer, no mínimo, a 0,10 m do piso.

Os extintores devem ser instalados em locais acessíveis e disponíveis para o emprego imediato em princípios de incêndio.

Os extintores não podem ser instalados em escadas. Os extintores devem permanecer desobstruídos e sinalizados de acordo com o estabelecido na IT - 20. Todos os pavimentos devem ser protegidos por, no mínimo, dois extintores, na proporção de uma unidade para classe A e outra para classe B e C. É permitida a instalação de duas unidades extintoras iguais de pó ABC.  O extintor de pó ABC pode substituir qualquer tipo de extintor de classes específicas A, B e C dentro de uma edificação ou área de risco.

 

altura_extintores

 

Certificação, validade e garantia dos extintores

Os extintores devem estar lacrados, com a pressão adequada e possuir selo de conformidade concedida por órgão credenciado pelo Sistema Brasileiro de Certificação (Inmetro).

O prazo de validade da carga e da garantia de funcionamento dos extintores é de um ano, devendo ser realizada a manutenção anual dos equipamentos por empresas certificadas pelo Inmetro.

A cada 5 anos deverá ser realizado o teste hidrostático nos cilindros de baixa e alta pressão, conforme delimitações das normas NBR 12962.

Conte conosco para garantir que seu edifício está condizente com as instruções técnicas

Seguir todas as recomendações do Corpo de Bombeiros pode parecer uma missão bem complicada e complexa, mas para nós, que somos especialistas, é tão somente parte de nosso dia a dia. Portanto, que tal contar com uma assessoria que entende o que faz para te auxiliar nesse passo a passo garantindo a instalação correta dos seus equipamentos de segurança.  Temos experiência para te ajudar na emissão do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) e Certificado de Licenciamento do Corpo de Bombeiros (CLCB) do seu estabelecimento.

Nós aqui da A5S Laudos e Engenharia estamos esperando o seu contato desde já, para que juntos possamos dar este importante passo em seu empreendimento.

Para maiores informações sobre a A5S Laudos e Engenharia entre em contato conosco pelo site www.a5s.com.br ou pelo telefone (011) 98788–8954                   (011) 2323-8983.

Voltar ao Blog SOLICITE UM ORÇAMENTO