Compartimentação

Você sabe sobre a compartimentação? Compreende as diferenças entre a horizontal e a vertical? Bem, se você não sabe perfeitamente os detalhes sobre esse tema, não se preocupe. Reunimos aqui nesse texto todos os detalhes que você precisa conhecer sobre esse assunto.

A Compartimentação é uma técnica do corpo de bombeiros para impedir a propagação de incêndios para outros ambientes, quer estes estejam situados no mesmo pavimento ou em outros pavimentos do prédio em questão. Daí que vem a compartimentação horizontal ou vertical.

Compreender esse tema é compreender como reduzir os riscos e os danos que podem acometer o seu empreendimento ou seu edifício. Compreenda logo abaixo as especificidades de cada compartimentação.

A COMPARTIMENTAÇÃO HORIZONTAL E VERTICAL

Para começar a nossa explicação, precisamos falar da compartimentação horizontal. Esta, que é composta pelos elementos construtivos ou protetivos de:

  • Afastamento horizontal entre aberturas;
  • Dispositivos automatizados para enrolar corta-fogo;
  • Selos corta-fogo;
  • Registros corta-fogo (também chamados de dampers);
  • Vedadores corta-fogo;
  • Portas corta-fogo;
  • Paredes corta-fogo.

Nesse tipo de contexto podem ser aplicados diversos materiais nos elementos construtivos – desde alvenaria, gesso acartonado, vidro e assim por diante. Os detalhes e as características da construção para os ambientes compartimentados horizontalmente estão presentes na Instrução Técnica do Corpo de Bombeiros do estado de São Paulo IT- 09/2019.

Quando falamos sobre a compartimentação vertical, ela é constituída por alguns elementos ou medidas de proteção entre os pavimentos em questão, como:

  • Selos corta-fogo;
  • Entrepisos corta-fogo;
  • Enclausuramento de escadas por meio de parede e portas corta-fogo de compartimentação;
  • Selagem perimetral corta-fogo;
  • Dispositivos automatizados de enrolar corta-fogo;
  • Elementos construtivos corta-fogo de separação vertical entre pavimentos consecutivos;
  • Registros corta-fogo (dampers).

Lembrando que as portas, cortinas e vedadores automatizados de enrolar só podem ser usados para fins de compartimentação nas condições expressas pela Instrução Técnica número 09/2019.

TODO O CUIDADO AOS DETALHES TÉCNICOS

Como deu para perceber no texto que se estende logo acima, é necessário tomar muito cuidado com algumas minúcias que são explicadas pelas instruções técnicas do Corpo de Bombeiros, a fim de proteger o seu edifício de incêndios e situações de pânico.

Isso não somente traz maior tranquilidade para você e para os que frequentam seu edifício, como também confere uma maior segurança para toda a comunidade que frequenta o mesmo espaço que você.

Invista em segurança, tranquilidade e conforto – conte com a nossa assessoria quando o assunto for o AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) ou CLCB (Certificado de Licença do Corpo de Bombeiros).

Tenha a certeza que o seu edifício está condizente com todas as necessidades e requisitos do Corpo de Bombeiros para receber a certificação de funcionamento o mais rápido possível!

Fale conosco e receba um orçamento detalhado de como funciona o nosso serviço e como podemos te ajudar! Esperamos o seu contato desde já, ok?

Para maiores informações sobre a A5S Laudos e Engenharia entre em contato conosco pelo site www.a5s.com.br ou pelo telefone (011) 98788–8954 ou (011)  2323-8983.

Conte conosco para prover-lhe estas certificações!

Voltar ao Blog SOLICITE UM ORÇAMENTO